Como Fazer Minigráficos no Excel

Precisando apresentar seus dados de uma maneira visual, mais simples e prática? No caso de análises menores, onde não exigem a criação de gráficos grandes para expor informações em planilhas, pequenos gráficos podem facilitar e transformar a comunicação de informações. No post de hoje, vamos criar minigráficos no Excel, um recurso simples, porém de muita importância para evoluir ainda mais as suas análises. Se você preferir, também pode assistir a esse conteúdo em formato de vídeo:

 

 

 

Os minigráficos no Excel são muito úteis quando se deseja incluir informações de diversos dados em uma única célula. Eles permitem uma análise visual mais geral dos seus dados e facilitam a comunicação de informações, chamando a atenção de quem visualiza suas planilhas.

 

Minigráficos no Excel

 

Minigráficos são, literalmente, pequenos gráficos compactos que podem ser inseridos em células individuais de uma planilha no Excel. Eles são uma maneira visual e sucinta de representar dados em um espaço pequeno, permitindo uma rápida visualização de dados e padronizando-os.

 

Os minigráficos geralmente são usados para acompanhar dados ao longo do tempo ou para comparar valores entre categorias. Eles são especialmente úteis quando você precisa incluir várias visualizações de dados em uma planilha, sem ocupar muito espaço. Para entender melhor como essa ferramenta funciona, vamos usar a seguinte tabela como exemplo:

 

 

Como podemos observar, essa tabela nos mostra os valores das vendas de uma empresa X no primeiro semestre dos anos de 2021, 2022 e 2023.

 

Checando esta tabela, note que para analisá-la seria necessário uma extensa análise, de mês a mês e ano a ano, para que pudéssemos tirar nossas conclusões sobre essas vendas. Porém os minigráficos podem facilitar nosso trabalho, tornando essas análises muito mais visuais, para entendermos de uma maneira muito mais rápida e objetiva se as vendas da nossa tabela aumentaram ou diminuíram.

 

Curtindo esse artigo até aqui? Para você que quer aprender ainda mais sobre o Excel e sair do zero na ferramenta mais usada para análise de dados, acesse nosso Minicurso Gratuito de Excel e aprenda muito mais sobre a ferramenta!

 

Mas como vamos fazer isso?

 

Nos baseando na imagem anterior, podemos notar que a coluna H está especialmente separada para a análise, e será exatamente nas células desta coluna que iremos inserir nossos minigráficos.

 

Com uma das células da coluna de análise selecionada, vá até a guia “Inserir” na barra superior. Ao abrir essa guia, logo conseguimos visualizar uma aba chamada “Minigráficos”, e é através dela que iremos adicionar os minigráficos às células.

 

 

Note que, na imagem acima, o Excel nos mostra já de cara alguns tipos de gráfico. Os principais são os gráficos tradicionais: de linha e de coluna, e nesse artigo vamos te mostrar como cada um funciona no contexto dos minigráficos.

 

Os Gráficos de linhas mostram tendências ao longo do tempo, conectando pontos com linhas retas, e são ótimos para dados contínuos. Os gráficos de colunas, por outro lado, exibem dados em barras verticais ou horizontais, úteis para comparar valores entre diferentes categorias. Neste caso estamos usando os dois tipos de gráficos para analisar as vendas da empresa X, portanto os dois terão a mesma funcionalidade, porém em visuais diferentes.

 

Gráfico de coluna

 

Neste primeiro momento, vamos inserir o minigráfico na célula H2 e, para isso, basta selecionar “Coluna” que o Excel abrirá rapidamente este visual para que possamos formatar nosso gráfico. Nele precisaremos preencher duas coisas:

 

Intervalo de dados: Os dados nos quais iremos nutrir o minigráfico.

Intervalo de Locais: Em que célula o minigráfico será inserido.

 

 

O “Intervalo de Locais” já virá inserido, pois já selecionamos a célula H2 antes de adicionarmos o minigráfico. Contudo, para adicionarmos o “Intervalo de dados”, será necessário selecionarmos os dados que queremos no nosso minigráfico. Para isso, basta selecionar o intervalo de células do ano referente à célula de análise escolhida. Neste caso, da célula B2 à G2.

 

 

Após preencher os intervalos, com as informações corretas, clique em “OK”.

E pronto seu minigráfico de coluna foi inserido!

 

 

Gráfico de Linha

 

 Seguindo a mesma lógica do gráfico anterior, vamos selecionar a célula H3 e clicar em “Linha” para inserir um minigráfico de linha. Do mesmo modo que o de colunas, o Excel abrirá outro visual para preenchermos com o intervalo de dados e o intervalo de locais.

 

Como estamos inserindo um minigráfico na célula H3, o “Intervalo de Locais” já virá preenchido, e para inserir o “Intervalo de dados” basta selecionar o intervalo de células do ano referente à célula de análise escolhida. Neste caso, da célula B3 à G3.

 

 

Após preencher os intervalos, com as informações corretas, clique em “OK”.

E pronto seu minigráfico de linha foi adicionado.

 

 

Curiosidade:

 

Repare que ao clicar sobre a célula do minigráfico, uma guia auxiliar aparecerá acima. Ao clicar nela conseguimos formatar nossos minigráficos, explorando cores, cores do marcador, destaques de ponto alto, ponto baixo, entre outros. Com essa formatação você consegue deixar seu minigráfico ainda mais com a sua cara!

 

Obs: Essa funcionalidade serve para todos os tipos de minigráfico, então você pode ficar à vontade para personalizá-lo, seja ele de linha ou coluna.

 

 

Resumo do Aprendizado:

 

O recurso de minigráficos pode ser muito importante nas suas análises quando você precisar apresentar seus dados uma forma mais visual e, principalmente, de forma rápida. Como é um recurso prático, ele traz um destaque a mais sem tomar muito tempo no seu trabalho. Esse recurso pode ser seu grande aliado para criar ótimas análises e chamar atenção de muitas pessoas dentro da empresa, já que poucas pessoas usam e/ou não conhecem. Caso você tenha mais interesse em aprender sobre esse recurso do Excel, você também pode assistir ao vídeo completo sobre o assunto no nosso canal do Youtube:

 

 

 

Gostou do conteúdo? Dá uma conferida no nosso Minicurso Gratuito de Excel, onde você vai aprender ainda mais sobre essa ferramenta tão usada no mercado de trabalho. Bora das esse primeiro passo juntos?

 

Esperamos que tenha feito sentido pra você!

Um abraço!

 

Equipe Atuar

Compartilhar

Artigos relacionados

plugins premium WordPress