Fazendo um dashboard simples com gráficos dinâmicos

Na dica de hoje nós vamos ver como um gráfico dinâmico vai te ajudar na construção de apresentações e DASHBOARD que vão impressionar qualquer um. Se preferir o conteúdo em vídeo, você pode ver tudo nesse vídeo aqui embaixo:

 

 

Mas pra que serve o gráfico dinâmico?

O gráfico dinâmico vai agilizar e deixar mais fácil a montagem da estrutura do seu gráfico para a apresentação, junto com os dados que você direcionar. Quando você pega uma base de dados e quer transformar essa base em uma apresentação, seja ela simples ou um dashboard bem elaborado, a primeira coisa que vem na cabeça é fazer um gráfico, certo?

 

Portanto, a partir de hoje você só vai querer fazer seus gráficos dessa maneira.

Nossa base de dados será a da imagem abaixo. Vamos estruturar um gráfico dinâmico da maneira correta para que futuramente, quando você ou outra pessoa for mexer, fique mais intuitivo e visualmente limpo.

 

 

Temos em nossa tabela informações dos jogadores da NBA, e queremos transformar isso em um gráfico dinâmico para melhorar a visualização das informações em gráficos.

 

Primeiro passo: transformar nossa planilha em tabela, uma função dentro do Excel que vai facilitar muito na hora de inserir um conjunto de informações que você já tem. Para isso, iremos no menu INSERIR e depois em TABELA. Logo em seguida, daremos o OK no box que aparecer para inserirmos a função. Nossa planilha ficará assim:

 

 

Dessa forma, futuras inserções de informações ficarão automatizadas!

 

Segundo passo: clicar em qualquer lugar dentro da nossa tabela e ir no menu INSERIR. Clicar na opção GRÁFICO DINÂMICO, como mostra a imagem abaixo:

 

 

Agora, com essa caixa de seleção aberta, podemos perceber que a nossa tabela está sendo selecionada por inteiro. O Excel pede pra gente escolher onde será exposto o gráfico dinâmico, em uma nova planilha ou na planilha existente.

 

Por que o Excel indica expor em uma nova planilha?

É indicado que a gente coloque o nosso gráfico em uma nova aba para que possamos trabalhar melhor e não correr o risco de bagunçar as informações já existentes. Dessa forma, vamos manter a opção de “Nova Planilha” e apertar no OK para prosseguirmos, e assim ficará nossa nova aba:

 

 

Agora iremos estruturar nosso gráfico da seguinte maneira:

  • Selecionaremos a ideia principal do gráfico, que será os pontos dos fase da liga, por exemplo.
  • Ao observar nosso lado direito, temos um campo “Fase da Liga”. Nós iremos arrastar esse campo até “Eixos

 

Note que nossa tabela dinâmica já vai ganhando informações. Agora, vamos arrastar “Cestas” para “Valores”, e perceba que já temos um gráfico de barras informando os valores. Arrastando o campo “Cestas de 3” para “Valores” nós temos um comparativo entre as Cestas, como mostra abaixo:

 

 

Com esse pensamento, você pode estruturar suas informações de acordo com a sua necessidade e ir alocando seus dados, conforme fizemos no exemplo acima. Dessa forma seu gráfico ficará do jeitinho que você precisa!

 

Resumo do nosso aprendizado:

Viu como é fácil criar um gráfico dinâmico? Se você quiser mais conteúdo sobre a função tabela, tabela dinâmica, formatação de gráfico e muito mais, corre no nosso canal que é tudo 100% gratuito pra você!

 

 

Agora você já pode criar seus gráficos dinâmicos em suas planilhas do Excel que que desejar, seja no trabalho ou em casa! Esperamos que tenha feito sentido!

 

Um abraço!

Equipe Atuar

Compartilhar

Artigos relacionados

plugins premium WordPress